FALB - Notícia - “A soma de todos os sabores” leva palestras e exposições para quatro Estados
Roda de Conversa em Xaxim (SC) - Tema: Violência Contra a Mulher Voluntários em Abelardo Luz (SC) Cinema da Reciclagem com a Turminha da Reciclagem FALB realiza investimentos em instituições de SC e RS Voluntários realizam doação de produtos ao Centro de Convivência de Idosos de Chapecó (SC) Apresentação sobre a FALB em Tapejara (RS) Sensibilização PAPCD em Itajaí (SC) Eco Cooperação retoma algumas atividades presenciais em escolas Vozes do Corpo promove atividade de Dia das Crianças para educandos do CRAS da Efapi "A soma de todos os sabores" encerra 2021 com sucesso em quatro Estados

PROGRAMA CENTRO DE MEMÓRIA

Voltar

“A soma de todos os sabores” leva palestras e exposições para quatro Estados

Compartilhe:

Uma ação que inspira, traz boas lembranças e dá água na boca. Assim pode ser descrito o projeto "A soma de todos os sabores: as histórias, as receitas e os aromas", desenvolvido pela Fundação Aury Luiz Bodanese (FALB) — entidade mantida pela Aurora Alimentos — por meio da Lei de Incentivo à Cultura, do Ministério do Turismo. A iniciativa vem sendo destaque nos estados de abrangência do projeto, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná e Mato Grosso do Sul, com a realização de palestras e exposições que levam informações sobre a história da alimentação e diálogo sobre a preservação de saberes e fazeres tradicionais, preservando as memorias afetivas.


Ao todo, serão promovidos mais de 20 eventos (palestras e exposições) nas unidades da mantenedora Aurora Alimentos e instituições educacionais (Escolas, Apaes e Secretarias de Educação). As palestras são ministradas por Elisa Manfrin, responsável pelo Centro de Memória Aury Luiz Bodanese, acompanhada pela Diretora Administrativa da FALB Sonara Ramos. Em encontros interativos as atividades permitem contar a história de 20 famílias brasileiras, entre elas representantes das 11 cooperativas filiadas da Aurora, apoiadores do projeto e comunidade, que aceitaram o desafio de receber a FALB e revelar os segredos da culinária típica, passada de geração para geração.


As famílias são de quatro estados brasileiros: Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná e Mato Grosso do Sul. Entre as tradicionais receitas em destaque estão a "Sopa paraguaia", o "Bolo de mandioca", a “Cuca recheada”, o “Macarrão com copa”, o “Fregolom de Amendoim”, a "Ambrosia", a "Bolacha holandesa" e as “Costelinhas suínas com purê rústico”.


“Todas as receitas contam uma história que resgata a cultura, permitem conservar a tradição, além de revelar os segredos para o preparo com riqueza em detalhes e com elementos afetivos preservados na memória de cada pessoa que compartilhou de seus conhecimentos”, destacou Elisa.
Sonara enfatizou que as palestras e exposições realizadas até o momento foram um sucesso. “As histórias por trás de cada receita chamam a atenção e geram interação e troca de ideias entre os participantes que se interessam em conhecer mais sobre cada relato e querem levar para suas famílias as receitas para preparar em casa”.


O projeto foi lançado no ano passado e todo o material está à disposição no site falb.org.br, com acesso inclusivo às pessoas com deficiência, conforme determina a legislação. São parceiros do projeto a Aurora Alimentos, Tetrapak, Adisseo e Doremus.


INSPIRAÇÃO


Entre as receitas apresentadas no livro e demais materiais do projeto está a de Ambrosia preparada pelo gerente de vendas da Tetrapak, Jonatan Bierhals, que reside com a família em Carlos Barbosa (RS). No projeto, ele conta como começou seu gosto pela cozinha e destaca que a receita do doce é de família, preparada por sua mãe. “O cheiro da ambrosia me leva de volta para casa, para a infância, me dá a sensação de conforto e acolhimento”, salientou ao comentar que alguns dos ingredientes (ovos e leite) eram produzidos pela família.
Maiara Camillo Simon, da linha Barra do Luciano, de Peritiba/SC, também aprecia resgatar as lembranças por meio de receitas. A receita apresentada por ela no projeto é a Bolacha holandesa, confeccionada com açúcar mascavo e amendoim - especialidade que já passou por gerações e continuará ocupando um lugar especial na memória da família.
“De todas as coisas que o campo nos proporciona, uma das melhores é poder estar junto das pessoas que amamos fazendo as refeições. Principalmente, quando os ingredientes que utilizamos para o preparo da comida foram cultivados por nós mesmos”, conclui Maiara.

Compartilhe:




Mantenedora
Aurora
Apoiadores
Aurora
©2018 FALB - Fundação Aury Bodanese - Todos os direitos reservados